Conheça os 7 métodos de cobrança de dívida no Brasil

Investir em um método de cobrança é a peça-chave de qualquer empresa que deseja baixar o seu índice de inadimplência. Isso porque ao usar esse tipo de ferramenta, o seu negócio manterá um contato mais direto com o cliente e conseguirá negociar as melhores alternativas de quitação de débitos.

Mas atenção! Para que uma modalidade de negociação de débito se torne eficaz, é preciso que ela seja utilizada da maneira correta. Caso contrário, você dificilmente conseguirá reduzir esse índice que mina constantemente os lucros da sua empresa.

O fato é que o percentual de inadimplentes no Brasil é alto. Segundo o Serasa, em janeiro/2020, 63,8 milhões de brasileiros são inadimplentes, aumento de 2,6% com relação ao primeiro mês de 2019.

Entretanto, mesmo possuindo esses números desanimadores, é possível reverter essa situação por meio de algumas modalidades de cobrança. E é exatamente por isso que esse post existe. Trouxemos algumas dicas que você pode usar a fim de cobrar as dívidas de maneira correta. Veja só!

1. Cobrança preventiva

Esse método é ideal quando o intuito é evitar a inadimplência dos clientes. Nela, o contato é realizado dias antes do prazo de vencimento do título. A equipe responsável envia um lembrete alertando os clientes sobre a proximidade da data de pagamento.

Na prática, é recomendado enviar uma mensagem SMS ou email, cerca de 3 dias antes do vencimento. Essa abordagem é eficiente com aqueles clientes que possuem títulos de alto valor, que sempre pagam suas contas com pequenos atrasos ou no dia do vencimento.

Nesses casos, o contato deve servir como uma ajuda ao cliente. Evitando que ele tenha que pagar juros altos ou multas, devido ao atraso dos seus pagamentos.

2. Ligações telefônicas

Se a abordagem anterior não for eficaz, dependendo do tipo de negócio ou perfil dos seus clientes, a melhor alternativa é recorrer às ligações telefônicas. Por meio delas, é possível estreitar as relações entre os clientes e a empresa.

Além disso, quando essa estratégia é feita de maneira adequada, é possível conseguir uma facilidade nas negociações da dívida e encontrar a melhor solução. O melhor de tudo é que esse método é efetivo para praticamente todo perfil de clientes.

Mas cuidado! Antes de começar a aplicar essa técnica é necessário estar atento a aspectos importantes, como o horário ideal e qual abordagem será utilizada. Assim você trás o cliente para perto e evita situações constrangedoras.

3. Envio de cartas 

Essa é uma alternativa utilizada quando o assunto é avisar os clientes de que é possível regularizar a sua dívida de uma maneira simples, sem a necessidade de recorrer a um processo de protesto e negativação do cliente.

Ainda há o benefício de que, ao escolher essa modalidade, o empreendedor não terá que arcar com nenhum tipo de custo com assessoria de profissionais e trâmites cartoriais. Por isso, ele é recomendado a todas as pequenas e médias empresas.

Essa alternativa para cobrar os clientes inadimplentes ainda oferece um respaldo jurídico ao empreendedor, caso ele decida dar continuidade legal ao processo de negociação.

4. Lembretes de pagamento

O lembrete de pagamento é outra modalidade que reduz a inadimplência nas empresas. Por meio dele é possível alertar o consumidor sobre a proximidade da data de vencimento de algum título, evitando assim a ocorrência de atrasos ou falta de pagamento.

Apesar de ser muito similar a abordagem preventiva, o lembrete deve ser direcionado apenas àqueles clientes que possuem títulos a vencer de baixo valor. Desse modo, a empresa consegue receber desse perfil de consumidor, sem ter que realizar grandes gastos.

As principais ferramentas de envio de lembretes são os e-mails, mensagens instantâneas, SMS e até mesmo o WhatsApp. Alternativas que geram um custo quase zero.

cobrança_metodos

5. Carta com o boleto

A carta com boleto não poderia faltar entre os principais meios de diminuir os prejuízos causados pela inadimplência dos clientes. Esse método consiste no envio de uma carta, que tem como objetivo notificar o cliente sobre o valor que ele deve a sua empresa.

Contudo, junto a ela também é inserido o boleto bancário no valor do débito do cliente. Assim, ele poderá pagar a sua dívida ou fazer o seu parcelamento de maneira imediata. Isso diminui consideravelmente o índice de inadimplência.

É recomendado o uso desse tipo de estratégia a fim de diminuir a quantidade de inadimplentes. Uma vez que adotada em caso de dívidas de curto prazo é possível evitar o crescimento da taxa de juros, por exemplo.

6. Segunda carta de cobrança com boleto

A ausência de resposta da primeira carta com boleto, não significa que o devedor não deseja liquidar a sua dívida. São inúmeras as possibilidades que podem causar inadimplência.

Isso inclui desde o não recebimento da primeira carta até a falta de condições financeiras. Por isso, é altamente recomendado que seja enviada uma segunda carta quando a empresa não recebe uma resposta da primeira.

O ideal é que nesse momento sejam utilizados outros recursos para o envio da carta, tais como as entregas expressas feitas por empresas particulares ou até mesmo pelos Correios.

7. Cobrança via protesto cartorial

É inevitável que toda empresa esteja sujeita a inadimplência dos seus clientes. E é nesse momento que se torna necessário investir no uso de métodos para se receber tal dívida. Afinal, caso não sejam tomadas as medidas adequadas, as finanças da empresa podem ficar comprometidas.

Uma forma de resolver esse tipo de situação é recorrer ao protesto de títulos. Nesse caso, a cobrança é feita de forma legal ao registrar a dívida no cartório. Apesar de geralmente ser utilizada em último caso, ela é uma das mais eficazes formas de recuperar as dívidas e estabilizar as finanças da empresa.

Quando a empresa abre um protesto, o cliente terá até 3 dias para fazer o pagamento da dívida. Caso isso não aconteça, o nome do devedor será negativado nos órgãos de proteção de crédito e o protesto permanecerá registrado no cartório até que a dívida seja quitada.

Além do protesto de título no cartório de forma presencial, existe também o protesto de título de forma totalmente digital por meio do Protesto24h. Para usufruir deste serviço, basta se cadastrar na plataforma com um certificado digital. 

A vantagem é que você não paga taxas de emolumentos cartoriais, apenas um valor de utilização do sistema para cada título enviado, pode fazer tudo isso de casa ou do escritório e acompanhar todo o processo de forma online pela plataforma.

Agora que você conheceu os 7 melhores métodos de cobrança utilizados pelas grandes empresas, qual irá utilizar a fim de acabar com a inadimplência no seu negócio? Independente da sua escolha, todas elas são consideradas efetivas.

No entanto, é necessário que você avalie qual melhor se adéqua ao seu tipo de negócio e a situação atual do seu cliente. Isso irá ajudar na tomada da melhor decisão.

Gostou? Então deixe um comentário logo abaixo com a sua opinião!
Não se esqueça de acompanhar e ler os próximos posts do nosso blog. 

Compartilhe com seus amigos!

Deixar uma Resposta

Navegar